3 razões para você pensar como um cientista sério!

pensar como um cientista
pensar como um cientista

Pensar como um cientista parece ser uma brincadeira – como na imagem acima – mas não é!

Um cientista é uma pessoa que se dedica à prática da ciência, parece uma coisa obscura e distante, tipo coisa de laboratório, mas essa visão é errada. Ciência é a atividade de procurar conhecer e entender o mundo em que vivemos, mas aplicando critério e rigor nas pesquisas e testes, de forma a apresentar os resultados de maneira confiável.

Resumindo a prática da ciência em atividades, na ordem, temos:

  1. A partir de informações conhecidas, o cientista elabora uma teoria;
  2. Então o cientista busca testar sua teoria, ela pode ser falsa ou verdadeira;
  3. Se for falsa, ele precisa de uma nova teoria, e novo teste;
  4. Se for verdadeira, ele pode divulgar e aproveitar a sua descoberta.

Enquanto outras pessoas vão questionar sua teoria.

Esse ciclo de atividades demanda 3 ideias fundamentais, as 3 razões para você pensar como um cientista sério, que não são exclusivas dos cientistas, na verdade acredito que essas ideias deviam ser de todas as pessoas, deviam fazer parte do nosso cotidiano, da nossa cultura.

Vamos conversar sobre essas ideias.

Aprender, aprender, aprender, sempre!

Você é capaz de elaborar uma teoria científica? Dificilmente! Eu não sou.

A busca de conhecimento e aprendizado de um cientista já começa na necessidade disso para elaborar teorias científicas. Precisa-se de bastante informação, conhecimento e dedicação para começar a elaborar teorias que sejam relevantes.

Além, é claro, de bastante criatividade.

Existem dois aspectos dessa busca por conhecimento que transcendem a vida de um cientista e são importantes também para todos nós.

Porque nós temos muito o que aprender sobre:

  • educação financeira;
  • alimentação saudável;
  • exercícios físicos;
  • disciplina e motivação;
  • dentre outras coisas.

Vejamos os dois aspectos.

aprender com um objetivo

Você já ouviu falar do “estudante profissional”?

São pessoas que passam a vida estudando várias coisas e nunca geram nada de relevante em nenhum assunto, seja fazendo cursos superiores ou lendo diversos livros, elas leem e estudam muito, mas não transformam toda essa informação em uma mudança na própria vida ou na da sociedade em que vivem.

Isso acontece porque elas estudam sem um objetivo.

Eu mesmo passei vários anos lendo sem um objetivo claro, o que fez com que eu gastasse uma quantidade enorme de tempo lendo e não produzindo nada, o blog Investir Dinheiro é uma das iniciativas que eu estou executando para não continuar sendo um “estudante profissional”.

Leia, estude e pratique! Estude com o objetivo de fazer alguma coisa acontecer.

Por exemplo, um empreendedor que tem um restaurante, ele tem um objetivo fácil de ser esclarecido, que é alimentar o maior número de pessoas que ele conseguir, para isso ele tem que fornecer a melhor comida possível e tem que fazer com que ela chegue ótima para todo mundo, tudo isso gera vários objetivos interessantes e que demandam muito estudo.

Se ele perde tempo com outra coisa que não é esse objetivo, não pensa como um cientista.

Mas, pior do que estudar sem um objetivo, é não estudar.

APRENDIZADO CONTÍNUO

Infelizmente, algumas pessoas estudam sem um objetivo, mas a maioria não estuda é nada!

Um cientista é uma pessoa que vive estudando com um objetivo, e não perde tempo com outra coisa. Não é que ele só viva estudando, que ele não tenha família e amigos ou não dedique a devida atenção a eles, mas que ele sabe se organizar para continuar aprendendo e avançando em seus estudos.

Nós devíamos fazer o mesmo, sem deixar de viver bem.

Nossos motivos são até mais fortes do que o de cientistas, pois eles estão teorizando sobre o mundo, para beneficiar os outros, enquanto nós precisamos estudar e realizar para beneficiar a nós mesmos e aos nossos familiares.

Por exemplo: uma pessoa obesa deve saber que a condição física dela é prejudicial à saúde e lhe causa vários infortúnios, então um objetivo óbvio para ela é emagrecer e ter uma condição física adequada. Isso demanda, além de uma disciplina muito grande, muito estudo sobre alimentação e exercício físico.

Se ele perde tempo com outra coisa que não é esse objetivo, não pensa como um cientista!

Enfim, pense como um cientista, procure sempre aprender e colocar em prática.

Aqui no Investir Dinheiro eu tento te ajudar com isso, aproveite e:

Registre, revise e modifique

pensar como um cientista

Imagine que você tem dois parentes empreendedores, e que quer investir no negócio de um deles. Você entende que os dois estão em negócios promissores, mas você só tem dinheiro para investir em um negócio. Conversando com os dois parentes, João e Maria, você percebe que:

  • Maria tem as finanças organizadas, João não;
  • Maria tem os processos organizados e escritos, João não;
  • Maria tem um plano de negócios bem escrito, João nem tem plano.

Você investiria no negócio da Maria ou no do João? Eu investiria na Maria.

Acho que todo mundo faria isso, pois você não vai se meter em um negócio que você não tem nenhuma informação organizada, em que as pessoas não sabem bem o que fazer e que não tem nem mesmo um objetivo claro.

Em negócio é necessário ter transparência, do contrário não dá certo!

Sabe qual a diferença entre Maria e João? Ela pensa como um cientista!

CIENTISTAS REGISTRAM TUDO, PARA ESTUDAR E MUDAR

Quando um cientista publica um estudo ele precisa apresentar tudo de forma clara:

  • o método de estudo;
  • as ferramentas utilizadas;
  • os resultados.

Pois se não fizer isso a sua teoria é descartada ou desmoralizada por outros cientistas. Toda a ciência é baseada numa transparência total, pois todos devem ser capazes de testar as novas teorias.

Uma teoria que não pode ser testada, que não é transparente, não é respeitada!

Mas além da necessidade de apresentar os resultados de maneira confiável, o cientista precisa registrar tudo para poder estudar e revisar o que está fazendo, porque um cientista tem consciência que é nos erros que ele mais aprende.

Nós também deveríamos fazer isso. Por exemplo.

COMO UM CIENTISTA ESTUDARIA PARA UM CONCURSO

Quem você acha que passaria num concurso, Raquel ou Yasmin, sendo que você sabe que:

  • Yasmin estuda regularmente, Raquel estuda quando pode;
  • Yasmin tem um plano de estudo, Raquel ler o conteúdo da prova;
  • Yasmin faz simulados e avalia os resultados, Raquel não faz simulados;

É óbvio que as chances de Yasmin passar em um concurso são muito maiores, concorda?

Sabe porque? Porque Yasmin pensa como um cientista!

Enquanto Raquel quer passar em um concurso e ler o assunto que vai cair na prova, Yasmin resolveu que vai passar em um concurso e procurou aprender as melhores práticas para fazer isso, passou a colocá-las em prática e a medir os resultados do seu estudo.

Enfim, você quer conseguir alcançar um objetivo, comece a pensar como um cientista!

Aprenda, registre, revise e modifique!

Aqui no Investir Dinheiro, eu tento mostrar que a melhor forma de fazer investimentos é pensar como um cientista e aplicar o que esclareço nesse texto:

A estratégia do Investir Dinheiro

Tentativa e erro

Você não acha que todo cientista é um gênio que bola um teoria, testa e acerta, né?

É claro que não! Os caras tentam, erram, tentam, erram … até que tentam e acertam; isso quando acertam, porque tem cientista que passa a vida tentando e nunca acertam – lembre da cura para AIDS, por exemplo -, o importante disso é que não desistem.

Assim como nós não podemos desistir.

Ou seja, quem pensa como um cientista: NÃO DESISTE!

Continuar tentando e errando até acertar faz parte da vida de todo cientista e deve fazer parte da vida de todas as pessoas, porque é só dessa forma que nós podemos chegar a algum resultado interessante!

siga em frente

Precisamos ter em mente que errar não é fracassar, errar é aprender. Fracassar é desistir. Se você erra, aprende com o erro e continua tentando – só que melhorando a tentativa – você está avançando, está seguindo em frente.

Então, para ter sucesso, o cientista tenta, erra, aprende e melhora a tentativa, faz isso continuamente até que acerta. Ou seja, ele está segue em frente até chegar a um resultado positivo.

Nós devemos fazer o mesmo, independentemente do que fizermos, devemos entender que um erro é um aprendizado, que podemos melhorar e tentar de novo, até que consigamos o objetivo.

Lembre que Thomas Edison tentou um monte de vezes até conseguir inventar a lâmpada e que ele disse:

A genialidade é 1% de inspiração e 99% de transpiração“.

A história desse cara é inspiradora, sugiro que leia:

Thomas Edison: o feiticeiro de Menlo Park

Como pensar como um cientista

Mantenha as 3 razões para pensar como um cientista em mente:

  1. Mantenha-se aprendendo, com um objetivo claro, sempre!
  2. Registre o que você faz da melhor maneira possível!
  3. Continue tentando, errando e melhorando até o seu objetivo!

Conte comigo para aprender mais sobre educação financeira:

Muito obrigado por ler meu texto!

Boa sorte!